2008-04-14

dança.pt

17 de Abril de 2008
21h30
(possibilidade de 50% de hipóteses de entrar gratuitamente!!!)
Fotografia de Paulo Pimenta

"Como então falar dessas "coisas comuns", como antes as perseguir, como fazê-las surgir, arrancá-las da superfície onde elas estão agarradas, como dar-lhes um sentido, uma língua, a fim de que elas falem afinal daquilo que é, daquilo que somos."
Georges Perec, l'infra-ordinaire

2 comentários:

Anónimo disse...

See Please Here

Anónimo disse...

See Please Here